top of page

Gelato Borelli anuncia venda da 100ª unidade franqueada da marca

Maior rede de franquias de gelato do Brasil está presente em 14 estados e no Distrito Federal; empresa cresceu, 100% em número de lojas neste ano


A Gelato Borelli finalizou, na última semana, o contrato de venda da 100ª unidade. A empresa é a maior rede de franquias de gelato do Brasil, presente em 14 estados e no Distrito Federal. A marca completou 9 anos de história em 2022, com o ‘DNA italiano’ em sua produção, tendo os gelatos da marca como referência em todo o país. Com 70 unidades já instaladas pelo território nacional, a empresa acumulou 100% de crescimento em 2022.


Um diferencial apresentado pela empresa é a produção in loco dos produtos, nas unidades, cada loja carrega em sua estrutura um padrão de maquinário italiano e espaços que possibilitam a fabricação dos gelatos e cascãos.


“O crescimento da marca é resultado de um trabalho de governança e entendimento do mercado. Começamos o ano com 35 unidades, hoje com 70 implantadas e 100 contratos assinados, o que indica que estamos no caminho certo”, comenta Jucimar Silva, CEO da Gelato Borelli.


Qualidade Borelli


A Borelli produz os gelatos de forma artesanal com maquinário italiano específico e ingredientes frescos, a produção é diária em todas as unidades, antes da abertura ao público, assim o cliente está sempre consumindo o produto fresco.


Os insumos são desenvolvidos com ingredientes premium sendo que 80% da matéria-prima utilizada é de fabricação própria. As receitas não contêm conservantes, e são elaboradas com frutas, sem adição de coberturas que roubem o sabor original. As castanhas utilizadas em alguns dos sabores são selecionadas inteiras, feita a torra por gravidade e moídas, por um equipamento específico, na própria indústria, otimizando assim a extração do sabor das pastas utilizadas no gelato.


No cardápio, opções clássicas e exclusivas compõe o mix da rede, um dos destaques da Borelli são os de Pistache, Doce de Leite, Gianduia e Chocolate Belga. A marca conta ainda com sabores zero lactose e sem glúten. Os ‘cascões’, também, são produzidos artesanalmente todos os dias e podem ser recheados com cremes feitos de pistache e chocolate branco (o Borellito) ou de creme de avelã com cacau (a Borella) ou de creme de avelã com chocolate branco (o Nocciollito) antes de receber o sabor desejado de gelato.


Crescimento Borelli


Nascido em 2013 com o objetivo de proporcionar as melhores experiências gastronômicas para o consumidor, a Gelato Borelli surgiu da paixão de seus fundadores pela alta gastronomia e da possibilidade de trazer um pedacinho da Itália ao Brasil, homenageando os autênticos gelatos produzidos na Europa. Com a abertura da primeira loja na cidade de Ribeirão Preto/SP, proporcionou e continua proporcionando para seus clientes o vero gelato.


Já com duas unidades em Ribeirão Preto-SP, em 2014, começou a procura de empreendedores oriundos de outras cidades do interior paulista e de Minas Gerais para levar a Borelli para as suas cidades.


Atualmente, em plena expansão, a empresa já participa anualmente da maior feira de franchising do mundo, a ABF Expo. A Gelato Borelli já conta com mais de 100 unidades vendidas, distribuídas em 14 estados brasileiros e no Distrito federal. ”A meta de expansão da marca é atingir 350 unidades franqueadas até 2025. Temos muito espaço para ocupar no mercado, recentemente chegamos no Rio de Janeiro, a inauguração foi um marco importante dessa trajetória, estamos em pleno crescimento e temos muitas cidades do Brasil para levar nossa marca”, explica Ivan Oliveira, head de expansão da marca.


Na rede de colaboradores internos, responsáveis pelas demandas administrativas, comercias e de comunicação, a rede quadruplicou o quadro de funcionários, a fim de acompanhar o crescimento das lojas e oferecer a excelência no suporte e administração das tarefas.


Próximos passos


Com mais de 100 unidades vendidas, a projeção da marca é obter um crescimento de 250% em um período de três anos, chegando à 350 unidades até 2025. A grade de lojas em implantação é acima de 35, a previsão de inauguração da centésima unidade é até abril de 2023, representando mais um feito importante para a Borelli.


A fábrica de insumos da marca, localizada na cidade de Cravinhos, interior de São Paulo, é responsável pela produção e pré-produção dos produtos usados nos gelatos, como a torra das castanhas em gravidade zero, uma tecnologia italiana avançada que possibilita extrair a melhor qualidade do fruto.


Entre os próximos passos da marca está a expansão das demandas fabris. Um investimento de R$ 10 milhões será feito para expandir a fábrica, deixando a unidade mais tecnológica e preparada para atender as demandas das mais de 100 unidades espalhadas pelo Brasil.


O fundador da Gelato Borelli, Eduardo Borelli, enfatiza o poder de crescimento da marca e expressa o contentamento com todo o processo: “É uma gratidão que transcende aquilo que imaginei lá em 2013, está sendo uma trajetória promissora, onde pessoas capacitadas chegam para somar e conseguir levar, através do gelato, felicidade através do sabor, esse é nosso principal objetivo”, comenta Eduardo.

14 visualizações0 comentário

Comentários


bottom of page