Participação da Gelato Borelli na ABF Expo pode gerar R$ 15 milhões em movimentações financeiras


A Gelato Borelli participou pela primeira vez da ABF Expo Franchising, maior feira de franquias do mundo, que aconteceu de 22 a 25 de maio, no Expo Center Norte, em São Paulo-SP. A empresa que tem nove anos, começou as operações de expansão há três e hoje é a maior franquia de gelatos do Brasil. A empresa já conta com 74 unidades vendidas, sendo 46 em operação e as demais em implantação, distribuídas em 12 estados brasileiros e Distrito federal.


A primeira participação da empresa na feira foi muito positiva segundo Ivan Oliveira, Head de Expansão da Gelato Borelli: “Superou as nossas expectativas, tivemos uma adesão muito grande, tanto das pessoas, quanto de outros expositores. A Borelli estava localizada em um local estratégico no corredor de entrada da feira e o espaço teve a ambientação e serviços idênticos aos encontrados nas unidades franqueadas, além de oferecer a degustação de quatro sabores da marca.


Ao total o estande recebeu cerca de dois mil visitantes e distribuiu mais de 130 quilos de gelato para quem passou pelo espaço. Com a equipe de expansão, o CEO, Jucimar Silva e o fundador da empresa, Eduardo Borelli, a marca foi apresentada para todos que paravam para conhecer a empresa.


“Conseguimos encaminhar mais de 20 negócios para a expansão da marca, o que gera algo em torno de 23 milhões de reais em movimentação financeira para a criação dessas possíveis novas unidades. Foi um marco muito positivo que superou nossas expectativas, além, claro, das diversas prospecções de futuros padrinhos da marca”, comenta Ivan ao falar em valores sobre a participação da Gelato Borelli na ABF Expo.


Franquia com opções diferentes de investimento

Para quem quer integrar a família Borelli e fazer parte da maior rede de franquias de gelato do Brasil, os investimentos para aquisição de uma unidade iniciam a partir de 395 mil reais, além do investimento no maquinário, que é italiano e tem pagamento facilitado. Os formatos podem variar, desde quiosques em shoppings até lojas de ruas mais conceituadas, o faturamento mensal médio é de 160 mil reais, com lucratividade média estimada de 15% a 20%.


“Trabalhamos para proporcionar os melhores resultados aos franqueados, por isso mergulhamos juntos no seu sonho”, explica Ivan. Os novos franqueados passam passa por um processo de aprovação, experiência Borelli, com visita à matriz e contam com um acompanhamento personalizado, integrando em uma rede forte, de marca consolidada.

Com retorno financeiro estimado de 24 a 36 meses, a maioria dos insumos são fornecidos pela Borelli e o franqueado conta com o suporte técnico da indústria para manter o padrão de qualidade e replicar a experiência sensorial de sabor em todas as lojas. O head de expansão reforça a importância da conexão com a marca. “Temos uma essência familiar, que lidera o negócio com a alma. E isso precisamos manter. Vendemos felicidade e quando encontramos um empreendedor que entende isso sabemos que terá sucesso com a Borelli”, finaliza Ivan.


Projeção da Gelato Borelli

A empresa natural de Ribeirão Preto-SP foi formatada em 2013 com o objetivo de proporcionar as melhores experiências gastronômicas para o consumidor, a Gelato Borelli surgiu da paixão de seus fundadores pela alta gastronomia e da possibilidade de trazer um pedacinho da Itália ao Brasil, homenageando os autênticos gelatos produzidos na Europa foi formatada em 2013 e após seis anos, em 2019, começou o processo de expansão através de franquias.

O head de expansão, Ivan Oliveira, comenta sobre a participação da Borelli na ABF Expo 2023: “já reservamos um lugar maior, então vamos proporcionar algo ainda mais grandioso para o ano que vem, entendemos que o consumo de gelatos no país está em crescimento exponencial e vamos acompanhar a evolução do produto”. A Gelato Borelli é a maior rede de franquias de gelatos no Brasil e segundo Ivan a meta é atingir o número de 350 unidades franqueadas até 2025.


Sobre a ABF Expo Franchising 2022

A ABF Franchising Expo, maior feira de franquias do mundo, teve seu retorno este ano após dois anos de pandemia. Em quatro dias de evento, a visitação chegou a 65 mil pessoas, trazendo empreendedores de várias partes do Brasil e até do exterior. Foram 457 marcas expositoras, sendo que quase 200 participando pela primeira vez. Dada a demanda em 2022, a área da feira foi ampliada para 32 mil m² no total.

As franquias registraram um crescimento de quase 14% em 12 meses, atraindo cada vez mais investidores – o volume total de unidades cresceu 9,1% em 2021. Atualmente, o franchising brasileiro fatura mais de R$ 185 bilhões e dispõe de mais de 171 mil operações no País, com quase 1,5 milhão de empregos diretos

4 visualizações0 comentário